Masturbação, Certo ou Errado?

23 01 2009

maoPara entender o que envolve a masturbação, antes de mais nada, é preciso lembrar que o mesmo Deus que criou o homem e a mulher também inventou o sexo. Foi Ele quem disse aos homens e mulheres para deixarem suas famílias, se unirem a seus cônjuges e se tornarem uma só carne. Em outras palavras, homens e mulheres devem se casar e então se unir sexualmente. Um relacionamento conjugal, que inclui sexo, não é apenas uma união física entre duas pessoas, mas é também uma combinação de pensamentos, emoções e vidas. Tudo isso está envolvido no tornar-se “uma só carne”. Esse é o ideal de Deus para o sexo. E isso é que traz o maior prazer.

Mas, quando se fala em masturbação, a questão em jogo, na maioria das vezes, não é a sexual. Simplesmente o sintoma assumiu esta forma. Normalmente, no íntimo, há um sentimento de insatisfação consigo mesmo e com a própria vida.

A masturbação é um sinônimo de outros problemas – solidão, falta de aceitação própria, imaturidade, falta de disciplina pessoal, etc.

Porque a Masturbação Está Fora dos Planos de Deus?

Existem, pelo menos, três motivos:

1º Porque o prazer do sexo foi dado para uma relação de compromisso entre duas pessoas – marido e mulher, e não para um habito solitário;
2º Porque vicia. Todo o vicio e uma forma de domínio do livre arbítrio dado por Deus;
3º Porque provoca o adultério em pensamento. Para que haja o prazer solitário e necessário criar a imagem mental de uma outra pessoa desejada;

Ela Traz Alguns Perigos

Veja alguns deles:

  • Alimenta e aumenta descontroladamente o desejo sexual;
  • Leva você a viver um mundo de fantasia;
  • Pode enfraquecer a voz da consciência;
  • Torna você egoísta;
  • Leva você a tratar as pessoas como objeto;
  • Faz você ter dificuldade para lidar com a tensão sexual e com os outras tensões da vida;
  • Faz você se inibir em decorrência da culpa e vergonha;
  • Prejudica o relacionamento com o seu futuro cônjuge;
  • Pode dominar sua vida.

O Começo de Tudo

Como você já viu, a masturbação é basicamente a válvula de escape de alguns problemas pessoais. O mais serio é que, ao invés de resolve-los ela simplesmente os aumenta e enfraquece a pessoa na luta contra eles. Ela se torna uma forma de fugir destes problemas.

Tudo começa com alguns passos que levam a pessoa ao pecado da imoralidade:

1. O desejo de conhecer tudo sobre o sexo oposto;

2. Apreciação de filmes e literatura que sejam sexualmente provocantes, mesmo sabendo que não são saudáveis a vida espiritual e emocional;

3. O material sexualmente provocante leva a pessoa a envolver-se em fantasias eróticas;

4. A pessoa começa a procurar outros para conversar sobre suas fantasias e perguntar sobre suas aventuras sexuais;

5. A masturbação surge como a forma de materializar todas as fantasias imaginadas;

6. A esta altura surge o sentimento de culpa. A pessoa sabe que seu procedimento e pensamentos a estão levando para o caminho errado. Ela começa a reagir, então, de varias formas;

7. Vem a depressão e a pessoa fica chateada consigo mesma pela falta de autocontrole;

8. A pessoa pede perdão a Deus, mas fica em duvida sobre o atendimento. Muitas vezes mesmo sentindo o perdão dEle, ainda sente dificuldade em se perdoar;

9. Ela volta a cair em pecado por não buscar a ajuda de Cristo. Se ela decidir ler a Bíblia e orar, provavelmente vai encontrar o caminho para vencer a tentação. Porem, se ela apreciar o pecado, o problema se torna mais grave;

10. Para lidar com a culpa ela passa a racionalizar, dizendo para si mesma que seu procedimento não e tão mau assim. Nesse momento a pessoa corre o risco de redefinir seus padrões morais, o que e perigoso;

Como Mudar
Esse é o ponto mais importante – existe solução, e ela está ao alcance. O poder Divino como ponto de partida, unido às decisões e atitudes humanas, podem escrever uma nova história.
Alguns conselhos:

Peça Ajuda a Deus
Deus não deixa ninguém sozinho. O Seu amor e Sua força estão sempre ao alcance, não importa qual seja a luta. Jesus não condena. Ele perdoa e ajuda,
quando o desejo honesto é vencer.

Abra o Coração Para Alguém em quem Você Possa Confiar
Pergunte a Deus quem pode ser essa pessoa. Deve ser cristã, mais madura que você e de confiança total.

Fortaleça sua Autodisciplina
Renunciar a alguma coisa pode ser difícil, quando você sente que vai ficar sem aquilo que lhe traz prazer. Mas será que é possível renunciar a alguma coisa privando-se dela? No momento em que você disser a si mesmo: Posso renunciar, você vai descobrir uma nova alegria interior e um forte senso de liberdade.

Preocupe-se com os Outros
Uma vez que as pessoas, freqüentemente se masturbam devido à solidão, uma boa forma de abandoná-la é envolver-se com outras pessoas.

Separe-se de coisas que possam alimentar uma vida de fantasia
Fique alerta quando você estiver sozinho, especialmente em lugares onde é fácil ser tentado: no banheiro, no chuveiro ou mesmo na cama, antes de dormir ou quando acordar. Afaste-se também das conversas “privadas” ou “maliciosas” sobre sexo com outras pessoas.

Gaste suas Energias
Envolva-se com atividades criativas e alegres com outras pessoas. Saia com os amigos, leia um livro, pratique esportes, faça exercícios, enfim, descubra mecanismos de escape e hobbies que você aprecie. Procure se manter ocupado em atividades sociais. Isso esmaga a tentação.

Acredite nos Planos e Recompensas de Deus para Você
Deus nunca devolve troco a menos para ninguém. A menos que você confie nas Suas promessas como melhores do que qualquer outra coisa que você passa conquistar, você vai estar recebendo alimento de Segunda qualidade e se perguntando porque ainda se sente renegado. “Desejei todas as coisas que pudesse desfrutar na vida; mas Deus me deu vida para que pudesse desfrutar todas as coisas.”

Quando Tentado

Ligue-se em Jesus.
A oração é a melhor defesa para a tentação, já que ela nos lembra que nosso poderoso Amigo é capaz e está disposto a nos ajudar.

Lembre-se, Ele tem o melhor para você.
Não diminua seu auto-respeito nem apague as descobertas sexuais felizes que você poderá partilhar com seu futuro cônjuge.

Saiba que você não deve fazer isso.
Você pode viver com a tensão, e resistir a ela.

Lute por ter as mãos limpas.
Lembre-se: “… e o puro de mãos cresce mais e mais em forças” (Jó 17:9)

Se Você Fracassar
Lembre-se…

Um fracasso não significa que não houve progresso.
Quanto menos medo você tiver de cair, menor será a probabilidade de que isso aconteça. Sua meta deve ser: “hoje melhor do que ontem, amanhã melhor do que hoje”. Se cair, levante-se pelo poder e perdão de Deus, e continue de onde você já estava. Lembre-se de que você já venceu uma parte da luta.

Você é perdoado, e pode ser puro.
“Se confessarmos os nossos pecados, Ele é fiel e justo para nos perdoar os pecados e purificar de toda a injustiça.” (I João 1:9)

O tempo com Jesus nos liberta. “Quanto mais de Cristo, menos do pecado.”
Apegue-se à oração, busque orientação especial nas palavras da Bíblia, e Deus mudará os desejos do seu coração.

Autor: Erton Köhler








%d blogueiros gostam disto: