Tipos de mães

5 05 2010

Adaptação: Márlon Hüther Antunes

Personagens: Quatro meninas para interpretar as diferentes mães.
Narradores podem haver dois um em cada lado do palco ou poderá ser um para cada mãe

A MULHER QUE TRABALHA EM CASA

MÃE; Eu sou uma dona de casa. Você sabe o que isso significa? Lavar, passar, cozinhar, arrumar… É uma rotina que nunca tem fim. Todos os dias as mesmas tarefas, a mesma luta. Muitas vezes o meu marido e meus filhos nem se dão conta do trabalho que tenho. O pior é que vivem reclamando disso, ou daquilo. Às vezes quando alguém me pergunta no momento de preencher uma ficha, ou quando sou apresentada a alguém: em que você trabalha? Tenho vergonha de responder que sou apenas uma dona-de-casa. Eu gostaria que tudo fosse diferente. Gostaria que reconhecessem a importância do que faço e sentir-me realizada.

NARRADOR: Querida mãe dona de casa. Você fala como se estivesse sentindo alguma inferioridade em relação às mulheres que trabalham fora. Nada justifica essa atitude. Você pode viver feliz e realizada como esposa, mãe e dona de casa sem nunca trabalhar fora. Seu trabalho é tão importante, digno e bonito como qualquer outro. Deus não se esquece do trabalho que você realiza com amor e que beneficia a todos em sua casa. Em Hb 6.l0, lemos: “Deus não é injusto para ficar esquecido do vosso trabalho”. Isso é o mais importante, e vale também para você. Um dia você receberá a recompensa. Por outro lado, é muito importante que o marido e os filhos aprendam a reconhecer e valorizar a muitas tarefas que a dona de casa realiza todos os dias. Se tivessem que substitui-la por um só dia, certamente iriam trocar as reclamações por elogios. O reconhecimento e a gratidão pelas suas virtudes é o mínimo que devemos fazer.

A MULHER, E A DUPLA JORNADA DE TRABALHO

MÃE: Sou uma mulher com dupla jornada de trabalho. Sou dona de casa, mas também trabalho fora por necessidade, para ajudar no orçamento familiar, pois o salário do meu marido não é o suficiente para cobrir as despesas. Há contudo, uma questão que gera problemas dentro do meu lar: as responsabilidades dentro da casa . Às vezes sinto-me cansada e temo que minha saúde seja prejudicada com tantos afazeres.

NARRADOR: Este é um quadro muito comum em grande parte de nossos lares. Esta sobrecarga você mãe recebe pelas muitas funções, precisa ser discutida com todos os membros da família. As funções de cada membro precisa ser discutida com todos os membros da família. As funções de cada membro precisam ser redefinidas, isto é, todos devem assumir tarefas e responsabilidades. Os filhos devem receber funções de acordo com sua idade e seu nível de desenvolvimento.
Não é vergonhoso em o homem ajudar nos afazeres domésticos. Pelo contrário, ao ajudar a esposa, o marido está obedecendo a palavra de Deus que diz em Gl 6.2: “AJUDEM UNS AOS OUTROS E ASSIM ESTARÃO OBEDECENDO A LEI DE CRISTO.” Uma divisão cooperativa de funções é a melhor maneira de repartir os trabalhos do dia-a-dia, para que nenhum dos membros fique por demais sobrecarregado.

BOA PROFISSIONAL, BOA MÃE

MÃE: Eu sou mãe e tenho também uma profissão. Mas algo me incomoda bastante. Ser ao mesmo tempo uma boa profissional e uma boa mãe. Conciliar totalmente o trabalho fora de casa com o trabalho fora de casa com o trabalho de dona de casa é bastante difícil, principalmente no que diz respeito aos filhos. Para criá-los bem, é preciso estar com eles, dando carinho, amor e atenção. Eu sei disso, contudo, pelo fato de dedicar-me mais a minha profissão, sou obrigada a deixá-los com outras pessoas que mesmo quando se esforçam, jamais conseguem substituir a mãe de forma ideal. Às vezes pergunto angustiada: será que vale a pena proceder assim? Será que existe algum auxílio para mim?

NARRADOR: Milhares de mulheres estão vivendo essa situação. Por motivos profissionais não podem estar com os filhos o tempo todo e sofrem por isso. Uma coisa é certa, uma mãe cristã que sabe que seus filhos são um presente de Deus e deve educá-los para que cresçam e se tornem homens tementes a Deus e bons cidadãos então não vale a pena entregá-los para serem criados por quem não é competente. Ser boa mãe e uma boa profissional é um dilema difícil de se resolver. Mas se você precisa trabalhar fora, então você precisa refletir com muito cuidado sobre a maneira como você aproveita o tempo disponível para estar com os filhos. Uma mãe sempre apressada, ansiosa, irritada, pouco carinhosa, preocupada só com coisas materiais não favorece um clima de convívio amoroso com os filhos e com o marido, embora permaneça em casa o tempo todo. É preciso aproveitar o tempo para conversar, para trocar alegrias, para amar, para orar, para brincar e tudo mais que favoreça um clima de convívio amoroso.
Deus ilumine a você, querida mãe, para encontrar alternativas que favoreçam a boa educação de seus filhos. Que você possa valorizar sempre a sua missão de mãe. Lembre-se do que o Senhor diz no Sl 127.3 “OS FILHOS SÃO UM PRESENTE DO DEUS ETERNO; ELES SÃO UMA VERDADEIRA BÊNÇÃO.”

UMA MÃE ENFRENTA CONFLITO NO LAR

MÃE: Meu filho nunca me obedece; é agressivo, preguiçoso e só anda na rua. É mau aluno e está sempre a brigar com a irmã, colegas e vizinhos. Meus marido trabalha muito e nunca tem tempo para estar em casa quando está, brigamos muito e ele só reclama de mim e dos filhos. Minha filha não me respeita, apesar de ganhar tudo o que ela quer; sai muito com amigos que a estão levando para o mau caminho. Passamos pouco tempo juntos em casa.Quase não conversamos; é cada um para o seu lado. Nossa casa nem parece um lar.

NARRADOR: Infelizmente essa é uma realidade em muitos lares. E quando isso acontece, a tendência é procurar culpados. As causas são muitas e pode acontecer que um seja mais culpado que o outro. Contudo, mais importante que identificar causas e culpados é cada um assumir o seu papel e sua responsabilidade. Se somos um lar cristão precisamos, constantemente, avaliar o ambiente do nosso lar.
Devemos perguntar: Qual é o ambiente espiritual em meu lar: Há fome pela leitura e palavra de Deus? Fazemos devoções em conjunto? As orações fazem parte de nosso lar? Vivemos de acordo com o que a palavra de Deus pede de nós como pais, mães e filhos? O marido está amando a sua esposa e a esposa o seu marido assim como Cristo amou a sua igreja e se sacrificou por ela? Os pais estão criando os filhos com amor e os filhos estão obedecendo aos pais como é da vontade de Deus?

Deus deve estar presente no lar, dia após dia, na vida da família. Esta é a base de tudo. Portanto, se sentimos que alguma coisa precisa mudar, mas nos achamos fracos para fazê-lo, então levemos a Deus o nosso problema com humildade, arrependimento e confiança. Ninguém mais do que Deus está interessado no bem-estar de nossos lares. Com seu amor e poder Ele pode restaurar todas as coisas.





Dia das Mães – RÁDIO JOVEM

5 05 2010

Por Revista Ação Jovem

OBJETIVOS: Prestar uma homenagem às mães. Agradecer a Deus pelas mães. Destacar o amor de Deus ao inspirar o amor das mães.

PLANOS PARA O PROGRAMA: Planeje bem, cuidando para que não fiquem espaços em branco. Os participantes deverão estar prontos para entrar em ação no momento preciso. A pessoa encarregada da parte musical deverá estar atenta para preencher com música qualquer inesperado intervalo.
Faça arranjos para simular a cabine de transmissão de um rádio onde ficarão os principais locutores do programa. Num canto, ficará a sala de operação com o operador que irá manejar o gravador e os microfones (se possível mais de um).
Ele deverá estar atento a todo movimento do programa e deve saber muito bem onde colocar cada uma das partes musicais.
Obs.: Os “Comerciais” podem ser anúncios de atividades dos departamentos da igreja, e “as notícias”, fatos interessantes, de preferência abordando mães da igreja. Quando indicamos “aum” aumentar e “dim” diminuir referimo-nos ao volume dos fundos musicais para criar a atmosfera de radio enfatizando os pontos principais do texto.

DESENVOLVIMENTO
1) ABERTURA ARTÍSTICA

Cortina Musical: (Uns 10 segundos, depois se diminui o volume e os locutores começam a falar, “encobrindo” a música, que se elevará novamente no final do texto falado).

Texto: (Os locutores falam. Deverá ser adaptado por cada sociedade de jovens).

Locutor 1: (dim, permanece suave). Boa Tarde, queridos ouvintes! Como todos os sábados à tarde estamos com vocês, com um programa especial. (aum.dim.) A sociedade de jovens de…(nome de sua igreja) os convida a sintonizar sua rádio amiga, à (endereço da igreja).

Locutor 2: (dim, permanece suave). Sim, aqui estamos novamente para lhes oferecer música (aum. dim.) Entrevistas(aum. dim) notícias (aum. dim.) e boas dicas (aum. dim.) porque queremos que fiquem ligados conosco em cada uma das reuniões (aum. dim.) Vamos rever o horário: todos os sábados às …(horário do culto JA.) (aum.)

Locutor 1: Hoje teremos uma programação especial preparada com muito carinho para as mães de nossa igreja (aum). Alô, mamãe! Aqui estamos com você e com seus filhos para expressar nossa admiração (aum. dim.) Damos nosso telefone para quem quiser entrar em contato conosco… esperamos seu chamado (aum.)

Locutor 2: Alô, mamãe, este programa é inteiramente seu, ele foi feito para você: em sua homenagem!
Cortina Musical: Permanece forte um momento termina.

2) Locutor 1: (Os participantes da mensagem especial entram em cenário rapidamente, de forma que o locutor termine de falar e eles comecem a cantar – ver uma música especial para as mães) A todas as mamães dedicamos esta canção!

3) Locutor 2: (anuncia o hino que a congregação vai cantar, e também quem vai fazer a oração. Aquele que vai orar deverá estar no cenário, e fazer uma oração apropriada ao tema.)

4) NOTICIÁRIO

Cortina Musical: Apropriada para o noticiário.
Duração: 10 a 15 segundos.
Continue lendo »





MENSAGEM PARA O DIA DAS MÃES

1 05 2010

Por Prof. Pedro Apollinário

14 de April de 2007

Hoje é o dia das mães. É o dia em que voltamos nosso pensamento e o nosso coração, de modo muito especial, pra a figura daquela que merece de maneira destacada nosso respeito e consideração. Entre as muitas datas de comemoração a fatos e vultos, nenhuma mais evocadora e sugestiva do que esta. E digo mais, nenhuma tão significativa e justa.

Este dia tem uma significação muito profunda, porque nele se presta uma homenagem, muito sincera e merecida à mulher que tem sido a inspiradora de grandes homens, a primeira conselheira de todos aqueles que se têm notabilizado no mundo dos negócios, da política, das descobertas, das artes, enfim de todos os empreendimentos humanos.

Sem dúvida, prezados filhos, vos lembrastes de um presente rico ou pobre para a vossa mãe, mas não vos esqueçais de que a maior e mais apreciável dádiva para a mãe, é sempre o carinho e o amor dos filhos. Esta é a única recompensa que elas esperam de vós por tudo o que fizeram, pelas lágrimas derramadas, pelas amarguras que tantas vezes sentiram.

Lembremo-nos também daquelas, que por já haverem descansado não podem receber a nossa homenagem, mas podem ser lembradas em nossas orações e com um singelo ramo de flores sobre a tumba fria. Não vos esqueçais também, de que podeis prestar-lhes homenagem vivendo de acordo com os conselhos que ela, em vida, vos dispensou.

Por último lembremo-nos ainda daquelas que por toda a vida desejaram um filho, mas por não alcançarem este sonho, adotaram crianças e têm sido para elas as mais ternas e dedicadas mães.

Rememoremos neste dia a famosa estrofe de Casimiro de Abreu, escrita no exílio, longe da pátria e da mãe:

“Eu guardo no peito a imagem querida, do mais verdadeiro, do mais puro amor.
Minha mãe!”.





Idéias para o dia das mães

29 04 2010

  • Você pode filmar cada filho falando uma mensagem para sua mãe e passar na igreja em telão
  • Você também pode pedir que cada filho escreva as características de sua mãe, e em intervalos é lido para que cada mãe descubra se aquela é a sua característica,
  • Pode também vestir cada filho da profissão de sua mãe e ir na frente como se fosse ela e falar alguma coisa, se for do lar falar como se fosse sua mãe.

Ricardo. RJ

  • Para cada mãe uma cantata em casa com singelas flores e um lindo cartão do filho,
  • À noite uma programação especial (mensagem, louvores, declarações surpresas por aqueles filhos mais
    apaixonados).
  • Slides (tipo antes-e-depois e mais flores) só para as mães. Uma verdadeira declaração de amor.

Sandro Libório – Central de Salvador





Dia das Mães – Eterna Mãe – Programa Sugestivo

29 04 2010

Por: Celene Soares Ribeiro Portes

OBJETIVOS DO PROGRAMA: Homenagear as mães, exaltando o Criador.

Homenagem
Mamãe, nosso coração está em festa. Publicamente queremos homenagear- te.
Mãe, sem a tua presença, nossa vida não teria sentido; nossos caminhos seriam tristes e solitários; Deste-nos a vida e continuas sendo o grande sol da nossa existência.

Sem tua presença ao nosso lado, faltaria aquele calor humano e aquela ternura que só um coração de mãe sabe dar.
Obrigado, mamãe! Mil vezes obrigado. Obrigado por teu carinho; obrigado pelo que foste e és para cada um de nos.
Obrigado porque existes e pelo que és também para o papai.
Obrigado, mamãe. Mil vezes obrigado!

Introdução
Continue lendo »








%d blogueiros gostam disto: