Programa Jovem – O que falta para você ser um Amigo da Esperança?

14 01 2011

Esté é o Segundo programa enviado em resposta ao “concurso” da Central de Diretores JA, que incentiva a criação de Programas Relacionados ao Tema Jovem 2011. a autora  receberá em sua casa uma das Camisetas 2011 da Central de Diretores JA

Ao  Republicar favor citar a Central de Diretores JA como Fonte


Autora: Priscila P. Silva

Musica de abertura: CD Jovem 2011 – Amigos da Esperança – faixa 5

Abertura:

Vivemos em um mundo sem esperança. As pessoas já não esperam nada de bom umas das outras. Os cientistas afirmam que nosso planeta não suportará mais os abusos do ser humano. Se continuarmos a viver com os mesmos luxos e com o índice de crescimento tecnológico que temos hoje o planeta não suportará mais 50 anos.

Temos armamento nuclear capazes de destruir vários planetas Terra. E se o homem decidir usar isso? Os países que mais poluem não querem interromper o crescimento industrial, por isso compram cotas de países que poluem menos. O que fazer? Esperar o fim?

Essa é visão daqueles que não tem esperança de um futuro melhor. Mas nós fazemos parte de um grupo diferente, aqueles que são amigos da esperança. Nossa grande esperança é o advento de Cristo. Só Ele pode restaurar essa Terra e o coração do ser humano.

Apresentador: Nosso mundo perdeu as esperanças porque faltam alguns ingredientes essenciais. Hoje ao longo do nosso culto veremos alguns desses ingredientes.

à Colocar na frente da igreja um cartaz escrito: “O que você precisa ter para ser um amigo da esperança?” antes do início do culto jovem

Ato 1 – AMOR (2personagens: 2 mulheres)

Janice: Oi Ionice e aí como vai sua mãe? Ouvi dizer que ela estava com a saúde debilitada. Isso é verdade?

Ionice: Sim Janice, os médicos diagnosticaram que minha mãe está com pneumonia, que é uma doença muito séria para quem já é idoso.

Janice: Estive fora por 1 ano estudando e estou desatualizada das notícias. E aí? Como você e seu irmão estão lhe dando com essa situação? A Dona Vanda ainda está no hospital? Vocês precisam de alguma ajuda?

Ionice: Na verdade não precisamos de ajuda. Desde o começo do ano passado quando ela pegou dengue e tivemos que levá-la ao hospital, vimos que era muito difícil deixar de fazer nossas atividades para cuidar dela. Eu, por exemplo, trabalho o dia todo e quando chego em casa nem tenho tempo, pois ainda tenho que arrumar minha casa e fazer várias coisas. Meu irmão faz faculdade e estuda, também não tem tempo. Achamos melhor pra mamãe que ela fosse internada numa casa pra idosos. Já tem um tempo que eles não ligam lá pra casa, não sei se ela melhorou.

Janice: Mas Ionice, você nem sabe como ela está agora? Eu quero visitá-la qual o endereço onde ela está? É aqui em nossa cidade mesmo?

Ionice: Sim, é aqui. Depois te passo o endereço por telefone, não sei direito como chegar até lá. Não pense que não amamos a mamãe, é claro que meu irmão e eu fomos bem cuidadosos na escolha da casa, pois o dinheiro da pensão dela não é muita coisa e não podíamos pagar qualquer lugar. Também vendemos a casa dela que estava em nosso nome e dividimos o dinheiro. Assim, podemos investir ao invés de ter que esperar até que ela morra. Tadinha da mamãe, ela já não agüentava mais cuidar daquela casa tão grande.

Janice: Com qual freqüência você visita sua mãe?

Ionice: Ahhh… ela não precisa da nossa visita, lá tem muitos médicos e enfermeiras, além de outras pessoas que estão internadas lá. Ano passado fui visitá-la no dia das mães e no aniversário dela. Ela ficou super feliz com o presente que levei pra ela.

Janice: Imagino a felicidade que a Dona Vanda ficou ao vê-la, depois de tanto tempo. E o que você levou pra ela?

Ionice: Ahh…Realmente ela ficou muito feliz, mas não gosto de ir lá muitas vezes, pois ela fica pedindo pra vir embora. Ela não entendi o que é melhor para ela. Mas sobre o presente, eu levei um bom creme de pele e um desodorante muito cheiroso… Ela falou que há muito tempo não usava creme de pele e desodorante, ela ficou super emocionada. Não sei porque ela tem toda essa preocupação em ficar cheirosa. Lá naquele lugar não tem nada de novo mesmo. Você não acha?

Janice: Eu não posso acreditar em tudo que ouvi hoje. Coitada da Dona Vanda de ter você como filha. Tchau, seu monstro!

Ionice: Que mulherzinha sem educação. Estou aqui perdendo meu tempo para contar as coisas pra ela e ela me trata assim…. Não consigo entender porque a mamãe gostava tanto dessa desaforada.

Apresentador: (Entra em cena e entrega um cartaz, feito de papel cartão vermelho escrito no centro AMOR, pra Janice. Ela o fixa no cartaz e sai de cena)

Vocês já notaram como atualmente é fácil vermos cenas como essa? Já não nos espantamos mais. A falta de amor é algo cotidiano em nosso meio. Mas não pense você que a falta de amor é exclusiva dos não-cristãos. Nós não amamos como deveríamos. Estamos tão atarefados essa é uma das nossas desculpas prediletas. Gastamos todo nosso tempo somente com nossos próprios interesses ou mesmo desejamos tantas coisas que gastamos todos nossos recursos financeiros para comprar aquele celular, aquela calça da moda, aquela sandália …

O quê da nossa vida temos dedicado ao nosso próximo? Muitos precisam do nosso apoio, não necessariamente o financeiro. Muitos querem apenas atenção, ou ouvir palavras de ânimo quando sentem-se fracassados.

O mundo perdeu as esperanças porque o amor se esgotou. E para piorar as coisas o mundo não consegue ver esse amor nem dentro da igreja.

Concurso bíblico: Caça versículo bíblico de cego

Convidar três duplas para irem à frente da igreja. Ter algumas passagens bíblicas escritas em uma folha de ofício para mostrar os participantes e a igreja. Colocar três cadeiras à frente da igreja. Um dos participantes de cada dupla senta-se na cadeira e o outro fica em pé atrás da cadeira. Os participantes que estarão sentados devem ter seus olhos vendados e uma Bíblia na mão. O apresentador do concurso mostra a passagem bíblica para os participantes que estiverem de pé e para a congregação. O participante de olhos vendados deve encontrar a passagem bíblica de acordo com as dicas do participante que estiver atrás (dicas: pra frente, pra trás, próxima página, volta duas páginas, etc) Não pode falar a passagem bíblica. A dupla que achar o maior número de passagens bíblicas com o menor tempo vence.

Ato 2 – PERDÃO (3 personagens: 2 homens e 1 mulher )

Juarez: Larissa, você fez aquela planilha que te pedi? Estou precisando dela agora.

Larissa: Juarez, me perdoa, onde estive tão atarefada que esqueci completamente, mas vou fazê-la agora mesmo, com licença.

Juarez: (gritando) Com licença nada, você é uma INCOMPETENTE não consegue fazer nada direito. Pra ter uma secretária como você é preferível não ter ninguém. Quero essa planilha em minha mesa em cinco minutos. Sua distraída. Desse jeito vai ficar desempregada.

Larissa: Desculpe, senhor vou fazê-la agora mesmo.

Guilherme: Juarez, Como sou seu amigo e gosto muito de você gostaria de te falar algumas coisas se você me permite.

Juarez: Fala rápido que estou com pressa.

Guilherme: Me desculpe Juarez, mas não achei legal sua atitude com a Larissa, nossa secretária. Você não precisava tê-la humilhado na frente de todos daquela maneira. Achei sua atitude muito errada. Aconselho que você peça desculpas pra ela amanhã.

Juarez: Cara, na boa, o que você tem a ver com minha vida. Vai cuidar da sua. Hoje não está sendo um dia bom pra mim e além de tudo, vem você aí como defensor dos pobres e oprimidos. Se a Larissa se sentiu chateada ela que tem que falar comigo ou por acaso você é intermediador dela?

Guilherme: Cara, você é um grosso. Tchau!

Juarez: (pensando alto) Nossa o que eu fiz com o Guilherme e a Larissa hoje. Sei que estou com problemas financeiros, muito estressado, mas meus amigos não tem nada a ver com isso, tenho que pedir perdão a eles.

Juarez: Larissa, me perdoe por ontem. Eu estava estressado com outros problemas e acabei descontando tudo em você que não tinha culpa. Me perdoe mesmo, prometo que essa cena não vai se repetir.

Larissa: Tudo bem, imagino que realmente estivesse muito nervoso ontem, mas por mim já está perdoado.

Juarez: Como adimiro seu jeito de ser.

Larissa: Se Jesus perdoou seus assassinos enquanto ainda estava na cruz porque eu não perdoaria uma coisa tão pequena como essa. Você está perdoado e que Deus te abençoe. Orei pelo senhor ontem.

Juarez: Guilherme, me perdoe por ontem. Eu estava estressado com outros problemas e acabei descontando tudo em você e na Larissa que não tinham culpa.

Guilherme: Cara, ontem você selou o fim da nossa amizade. E me faça um favor nunca mais dirija a palavra pra mim. Aliás, pra mim você morreu ontem. Nunca vou esquecer o que você me falou. Por favor, saia da minha sala agora.

Apresentador: (Entra e entrega para Guilherme uma imagem de abraço ou braços abertos escrito PERDÃO. Guilherme coloca a imagem no cartaz e sai de cena)

Perdão essa é a borrachinha mágica da vida. Com ela você pode apagar alguma rasura de alguém e recomeçar tudo em uma folha nova. Infelizmente a vida não é tão fácil assim. Outro ingrediente que falta no mundo é o perdão.  Jesus quando esteve na Terra mostrou que perdoar é possível e necessário. Uma das maiores artimanhas do inimigo é dizer que você não consegue mais obter o perdão divino.

O pior de tudo é que não perdoamos nós mesmos. O mundo vive esse drama e assim se não acreditamos nem em nós mesmos quanto mais em nosso próximo. A diferença é que nós amigos da esperança sabemos que Deus é capaz de conceder seu perdão a todos e assim cada um tem o privilégio de recomeçar.

Música especial:

Ato 3 – PAZ (2 personagens: 1 homem e 1 mulher)

– Fazer uma apresentação no power point com imagens da guerra civil do Rio de Janeiro e do Iraque enquanto os jornalistas falam. Quando os jornalistas entrarem deve-se colocar a vinheta do jornal nacional.

Fátima Bernardes e Willian Boner: Boa Noite!

Fátima Bernardes: Rio, uma metrópole ferida a bala. Guerra entre as quadrilhas coloca
a população na linha de fogo.

Willian Boner: Uma cidade sitiada e a população em pânico. Essa é a sofrida rotina de crimes enfrentada pelo Rio nos últimos anos.

Fátima Bernardes: O BOPE,  a polícia especial do Rio de Janeiro, invadiu o complexo do alemão na Penha zona norte do Rio de Janeiro. Muitos traficantes foram mortos, mas pessoas inocentes também foram atingidas nesse combate entre traficantes e a polícia.

Willian Boner: Os resultados dessa guerra civil são vários feridos. Ônibus e carros foram incendiados, pessoas honestas que moram nessas regiões em conflito perderam o direito de ir e vir.

Fátima Bernardes: População deseperada clama por paz.

Willian Boner: Iraque, alvo de frequentes conflitos…

Fátima Bernardes: Irarianos não podem andar tranquilos na rua, pois o país é alvo de muitos atentados terrosristas.

Willian Boner: Os EUA uma das grandes potências mundiais declarou guerra ao Iraque.

Fátima Bernardes: Nesse conflito estão inseridas milhares de pessoas inocentes…

Apresentador: Entra correndo pelo corredor gritando basta, entrega uma pomba escrito PAZ aos jornalisatas que fixam a pomba no cartaz e saem.

Muitos não tem esperança nesse mundo porque não têem paz. Existe guerras e rumores de guerras por todos os lados. E até mesmo não temos paz interna.Estamos em constante conflito.

Nas ruas não temos segurança, ouvimos e vemos vários casos de atrocidades. Pessoas que não respeitam umas as outras. Assaltantes que arrastam de carro uma criança presa ao cinto de segurança. Onde vamos parar? Pais que violentam filhas por anos e as mantem em cárcere privado, pai que joga filha do sexto andar do prédio e assim podemos seguir com uma lista enorme de fatos ruins.

Oferta:

Ato 4 – LIBERDADE (1 rapaz e 2 moças)

Rapaz 1: (Entra rapaz com roupas maltrapilhas faz uma fileirinha de sal de cozinha e cheira como se estivesse usando drogas.)

– Queria muito parar de usar drogas, mas não consigo a cada dia necessito de mais e mais droga pra me satisfazer… Perdi minha família e meu emprego por causa dessa porcaria e agora vou perder a vida, mas não consigo me libertar… o que faço?

(permanece ‘cheirando’ enquanto entram os próximos personagens)

Moça 1: (Entra uma moça com um computador nas mãos, estando vidrada no computador. Senta-se na frente e o usa o tempo todo…)

– Minha família toda foi ao clube hoje, que bom assim posso mexer no computador o dia todo sem minha mãe encher a paciência. Eu fico dois dias sem comer, mas não fico mais que oito horas sem computador… Não sei como minha avó conseguiu sobreviver sem computador… Tá todo mundo na escola querendo sair amanhã, mas não posso ir sem antes dá uma navegadinha na NET. Às vezes parece que meus amigos são mais felizes que eu, mas acho que eles são uns atrasados… temos que está conectados todo o tempo…

(permanece mexendo no computador enquanto entram os próximos personagens)

Moça 2: (Entra falando ao telefone) Você não acredita quem traiu a esposa… é ele mesmo é um canalha, né? Sempre falei isso… Ahhh… nem te conto a última…a Andressa, filha da Beatriz engravidou-se de um rapaz que conheceu no carnaval. Ela é muito fácil mesmo… ahhh…Você sabe sobre o Alfredo? Eu vi ele piscando pra moça do caixa ontem no supermercado… Ahhh… o Jurandi está desempregado, aposto que roubou. Ele era tesoureiro daquela empresa tão grande, aposto que não resistiu… Você sabe que não gosto de falar da vida dos outros, né? Só estou te atualizando dos fatos….

(desliga o telefone) (pensando alto) Queria tanto consegui parar de falar da vida dos outros, mas não consigo…Ahh… esqueci de falar com a Gilmara que a Carla capotou o carro, aposto que foi imprudência… ela é muito roda-dura…

Apresentador: (Liga para o celular da moça 2, o celular dela toca e ela atende. Já entrando na igreja a liberdade diz – falando ao telefone): eu vim para trazer-lhe a liberdade que você tanto necessita (entrega figura de algema quebrada para moça 2 que o coloca no cartaz). (sem falar ao telefone, vira-se e diz a todos):

Qual é a sua prisão? Será que é o estudo? O trabalho? Não importa. Jesus pode te dar a liberdade.

Os pecados nos escravizam. Tornamo-nos dependentes. Como libertar-nos? Só Jesus pode dar-nos essa liberdade?

Música especial:

Ato 5 – VIDA ABUNDANTE (1 personagem: 1 rapaz)

Rapaz 1: (Entra de terno e com uma pasta nas mãos e fala para o público) Sabe quem eu sou? Sou o cara mais bem sucedido que você conhece.

– (olha pra alguém da platéia e pergunta) O que é sucesso pra você? Dinheiro?Pois isso não me falta, vim de origem humilde, estudei, abri uma empresa e consigo quadruplicar meus bens e minhas rendas a cada seis meses.

– Ahh… sucesso pra você (olha diretamente para alguém) é ter um bom emprego? Pois eu tenho o melhor emprego, sou chefe dono da minha própria empresa e nem preciso me preocupar muito, pois tenho excelentes administradores trabalhando pra mim que só me dão lucro a cada dia.

– Já sei você (olha pra outra pessoa) acha que sucesso é ser estudado não é mesmo? Pois é sou doutor em direito em havard, ou seja, em uma das melhores universidade do mundo.

– Sucesso é falar mais de uma língua? Pois eu falo cinco: português, como vocês podem perceber; inglês “I speak English”; Espanhol “yo ablo espanhol”; francês “Je parle français”; italiano e ainda arranho japonês.

– Sucesso é conhecer vários lugares? Pois eu conheço pelo menos três países em cada um dos cinco continentes: América do Sul, central e do norte, Europa, Asia, Austrália e África.

– (olha pra um rapaz) Sucesso é ter uma mulher avião? Pois é, minha esposa é linda e não está comigo por interesse não. Nos conhecemos quando eu ainda era pobre. Ela me ama e eu amo.

– Sucesso é poder ajudar os necessitados? Eu doou todos os meses 70 mil reais pra instituições de caridade.

– não importa sua definição de sucesso, eu tenho tudo o que o dinheiro pode comprar e mais algumas coisas tipo: família, amigos…

– Mas tem alguma coisa errada comigo, eu nunca estou feliz e satisfeito. Às vezes penso que uma Ferrari me deixaria feliz, mas depois que a comprei continuei sentindo esse vazio. Não sei porque não fico satisfeito, sempre fica faltando algo, o que pode ser?

Apresentador: Eu sei o que te falta. Vida abundante e completa. Essa só existe quando Jesus habita o nosso coração. Um famoso filósofo disse o seguinte: “há no coração de cada homem um vazio do tamanho de Deus”. (Cola no cartaz uma imagem de Jesus). Muitos tentam preencher o vazio do coração com coisas, ou pessoas, mas só Jesus pode preencher por completo esse vazio.

Reflexão Final:

Você é um amigo da esperança? Você vive de forma diferente das pessoas desse mundo? Você ama, perdoa, tem paz, é livre e tem vida em abundância? Se ainda falta algum desses componentes corra atrás e faça parte do grupo de pessoas que mostrarão ao mundo que ainda existe uma esperança: Jesus.

Jesus disse: “(…) Eu vim para que tenham vida, vida em abundância” João 10:10

Musica final: Se não for eu – CD Jovem 2011


Ações

Information

11 responses

15 01 2011
lucineide

amei esse programa, q Deus continue te abençoando.

16 01 2011
Shirley Milhomem.

Amei sua programação J.A. Continue usando seu talento para o Senhor, que Deus te proteja e abençoe muito.

20 01 2011
Margareth Ribeiro

Parabéns! Continue deixando que Deus conduza seu viver….Farei alguns ajustes de acordo com os meus príncipios e darei a mensagem para que todos sejam verdadeiros amigos da esperança. Que Deus esteja sempre contigo. Dir. Jovem de Parauapebas

20 01 2011
Thais

para ser sincera, eu amei =) ! eu sou muito nova como diretora do J.A e precisava de umas idéias para continuar, se vc puder me fazer um grande favor, manda para o meu Email cada programa que vc fazer, eu vou dar alguns toques no meu junto com a sua ajuda!

Bjs fofa…

thank you, taty=)

20 01 2011
Thais

meu Email é tatystar01@hotmail.com

20 01 2011
liliane

eu fico feliz como diretora jovem da iasd do coqueiro de belem do pará,poder ter acesso a esse programa maravilhoso,feito com carinho para alcançar corações endurecidos pela vida.que nosso DEUS abençoe muito vcs.obrigada!

25 01 2011
Milena

Ainda existem aqueles que fazem o melhor pra Deus. Seja usada sempre. Que Deus te abençoe ricamente!

4 03 2011
venizia

Amei sua programação… Ela fez do meu ja um culto muito mais especial.

4 03 2011
venizia

Por favor mandem pra mim por imail idéias para melhorar o nosso ja.
Sou de Vera Cruz do RN e preciso muito de apoio. Todas as idéias serão bem vidas. Brigadão.

30 04 2011
jake

ótimo esse culto jovem um dos melhores que ja vi vou fazer na minha igreja.que DEUS te abencoe te dando mais idéias.

14 04 2012
Rosinha

Deus continue abençoando, vcs por colaborar. Pricila fizemos o seu na igreja e foi uma benção. Parabéns!

Deixe uma resposta

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s




%d blogueiros gostam disto: