Culto JA, Soem o alarme

28 01 2009

por Alexander Rangel, para a Central de Diretores JA

tsir_01Malcolm Allen, em seu livro “Salvação e Serviço” nos chamam atenção ao segundo capítulo de Joel. Referente a uma mensagem de urgência que nos diz que o Senhor está chegando. E se o lermos, à luz de sua aplicação a nós como um povo, ele adquire um significado maior: ”Tocai a trombeta em Sião” (verso 1). E o que é Sião? Sião é Jerusalém. É a igreja de Deus. Sião somos nós mesmos, o grupo de pessoas mencionado em Deuteronômio 6. O texto não diz: “Ide, tocai a trombeta nas ruas”; mais sim: “Tocai a trombeta na igreja. Fazei soar o alarme.” Esse alarme soava perturbação, quando o povo estava em guerra. Ao ouvi-lo, as pessoas corriam.

Era um caso de emergência. Malcolm acredita que o ministério jovem de hoje se encontra em estado de emergência. E que devemos soar o alarme. Soar o alarme no Santo monte de emergência.

Um dos grandes erros por líderes de jovens é imaginar que realizando o Culto JA semanalmente, já está cumprindo satisfatoriamente o seu papel.

Nós líderes, devemos criar um espaço para o jovem dentro das atividades da igreja, e o mesmo tempo recriar um espaço para Deus e a igreja nas atividades diárias da vida do jovem.

Os jovens esperam que seus líderes, ao invés de pensar apenas no Culto JA busquem se necessário, opções de outros programas ou atividades que os envolvam. Sabemos que o Culto JA não é a única tarefa do ministério jovem, mais ocupa um lugar extremamente importante. Ele é o momento onde os jovens  desenvolvem-se   e abre-se para toda igreja, envolvem-se e tem momentos de adoração.

Também tem muitos líderes que tratam o Culto JA como atividade opcional Está  aí o segredo do descrédito do programa em muitas igrejas. Alguns tratam o Culto JA como um show que só deve ser feito quando existem estrelas para participar  (um grupo, um orador, etc…). Outros o encaram como um compromisso desgastante demais que não pode ser realizado todo o Sábado porque não há fôlego para um ano inteiro  sendo assim, é melhor ir devagar.

Vamos pensar juntos: é justo oferecer apenas shows à igreja, e deixá-la sem programa quando desgastante? Será que este é o único programa desgastante da igreja? Já pensou se o pastor ou o ancião de sua igreja decidisse fazer o culto de quarta-feira a noite apenas uma vez por mês? Isso parece absurdo, não E porque muitas vezes achamos o Culto JA diferente Devemos soar o alarme. Soar o alarme no Santo monte de emergência

‘Irmãos líderes de jovens, o ministério é desafiador. Vocês não podem ser líderes de jovens e pretender, ao mesmo tempo, ser filho da luz e das trevas. “Sede imitadores de Deus.” Nesse ministério há um desafio que Deus espera transcender qualquer coisa que este mundo tem para oferecer, porque somos filhos e filhas de Deus.’
Malcolm Allen

*Alexander Rangel Freitas  é  Líder Máster Avançado JA – RJSUL

About these ads

Ações

Information

2 responses

3 01 2011
Jônatas

gostei, mas eu procuro algo que envolva mas dinamica em grupo

3 01 2011
Paulo Geovane Costa Rodrigues

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s




%d blogueiros gostam disto: